Aquela horinha passada com o seu filho lendo histórias que aguçam a imaginação infantil tem uma importância maior do que você imagina. Além do afeto entre vocês que é alimentado por esse momento, incentivar o hábito da leitura é importante para o desenvolvimento emocional e cognitivo da criança.

Ao longo das décadas, a educação tem se preocupado sempre em contribuir para a formação de um indivíduo crítico, responsável e engajado na sociedade. Durante as diversas fases da nossa vida, costumamos ouvir falar sobre a leitura como uma ótima ferramenta para isso. Este é um ponto importante a ser incentivado, defendido, como uma fonte legal de conhecimento e cultura.

Nossas experiências com a literatura nos fazem acreditar que devemos ensinar aos nossos filhos a ler com frequência, saborear os livros, manter uma rotina saudável de leitura. Essa crença não é à toa: na educação infantil, esse é um importante hábito a ser praticado, gerador de grandes benefícios no futuro do indivíduo. É necessário que a escola, em conjunto com a família, incentive nas crianças o exercício da leitura desde os primeiros anos de sua infância.

Na realidade, é fácil entendermos essa relação entre a escola e a literatura, sempre andando de mãos dadas em direção ao aprendizado. Mesmo o contato físico e sensorial com os livros, o ato de sentir o cheiro, as texturas trazidas, identificar as cores nas ilustrações e interagir com as histórias auxilia no desenvolvimento psicomotor das crianças. Quando o seu filho está sentado na cadeirinha na escola, pintando um livro de desenhos com lápis de cor e lendo palavrinha por palavrinha, ele está desenvolvendo importantes habilidades que precisará no futuro.

Permitir que as sensações da literatura façam parte da vida das crianças é essencial

A leitura ajuda no desenvolvimento do vocabulário, da escrita, fala, do entendimento mais inteiro de uma conversa em geral, e dessa forma é fundamental para o rendimento escolar. Posteriormente, auxiliará em todas as matérias que o seu filho estudará, pois das ciências exatas às ciências humanas, todas pedirão, mesmo que vez ou outra, uma boa leitura.

Ensinar às crianças a se interessar por livros é, além de uma bela forma de carinho e atenção, uma atitude que gerará vantagens para o seu crescimento. Se você já reserva um tempo útil para ler com o seu filho, mesmo aqueles minutinhos antes de colocá-lo para dormir, saiba que está contribuindo para a fortificação da intimidade e afeto entre vocês. Mas, além disso, você possibilita que a literatura contribua para o desenvolvimento social, emocional e intelectual da criança.

Para as crianças, aprender a ler é também o momento marcante do início das descobertas, das possibilidades trazidas com o mundo a ser desvendado na medida do seu crescimento. Nos primeiros anos de vida, o período da infância significa um período de aprendizado genuíno sobre o mundo, tocando, percebendo os aromas e sabores, conhecendo o que nunca foi antes visto ou sentido. Você pôde observar isso de perto quando viu seu pequeno querendo tocar em todas as texturas, sentir o gosto até mesmo dos objetos e correr por toda a casa.

A leitura é uma das melhores formas de que dispomos para interagirmos com os ambientes aos quais costumamos estar inseridos e até mesmo aos quais não estamos costumeiramente presentes, ou seja, para uma mais inteira compreensão de mundo em geral, o que está até então distante de nós, e não do que temos apenas ao nosso redor. É muito interessante que seu filho se familiarize com os livros logo na fase inicial da sua vida.

A literatura infantil é um caminho muito prazeroso para que a criança desenvolva a criatividade, a imaginação, possa criar seus próprios mundos, histórias e imagens, saiba definir suas emoções e sentimentos de uma forma memorável, afinal também é um lazer gostoso e divertido que facilmente pode se tornar rotina. Lembre-se principalmente que a infância é a idade em que todos os hábitos se formam. Além disso, contribui para o aprendizado da escrita, a aquisição de cultura e de captação de conceitos e ensinamentos importantes para o seu crescimento como cidadão. Tudo isso pode ser feito dentro do lar familiar, sem precisar de grandes recursos ou mesmo grandes buscas, dado que facilmente conseguimos arquivos digitais de boas literaturas infantis.

O conhecimento da na era digital

O mundo moderno recheado de conhecimento virtual pode representar, para muitos pais, uma preocupação a mais. Isso porque passamos a ter ao nosso alcance uma ferramenta poderosa chamada internet, facilitadora de tarefas, pois nos aproxima de conhecimentos que em outros tempos estávamos acostumados a levar horas ou até mesmo dias para conseguir.

Nossa infância foi de idas a biblioteca, leituras de enciclopédias, buscas árduas e longas, tão diferentes do mundo onde vivemos atualmente, repleto de meios para conseguirmos informações rápidas, independente do tema a ser investigado. Embora isso obviamente seja um benefício enorme, pois permite o engrandecimento do conhecimento coletivo e a rapidez para processos anteriormente tão burocráticos, também trouxe alguns problemas que nós pais temos que enfrentar.

É um universo onde os nossos filhos viajam por vezes sem a nossa ciência, recebendo crescentes movimentos de informações embasadas em sites de busca, algo preocupante, pois há até mesmo a impossibilidade de verificar se a informação é de fato verídica.

Além disso, também é um universo de rápida navegação, construído de forma que somos incitados a passar com velocidade por manchetes, impedindo a crítica do próprio pensamento e da informação recebida. Não é tão natural que o filtro da internet nos incentive a cavar mais fundo no mesmo assunto, mas sim que passemos de informação para informação, pulando de galho em galho e sabendo um pouco de tudo, mas sem podermos nos dizer dominantes de algum assunto. As informações, por vezes incertas, podem até mesmo se contradizer.

É então que podemos pegar na mão da literatura, usá-la como auxiliadora neste momento de tanta velocidade informacional. Porque em uma sociedade onde as trocas sociais acontecem rapidamente, seja através de qualquer meio de comunicação, desde leitura, escrita, até a linguagem oral ou visual, é preciso ter a sabedoria de receber com filtro crítico os dados recebidos, e esse é um ensinamento importante para passarmos aos nossos filhotes.

As pesquisas concordam que o hábito da leitura nos possibilita uma série de benefícios. O espectro dessas vantagens vai desde o aumento da empatia (ou seja, fortes contribuições para a cidadania) até o fortalecimento da criatividade, concentração, atenção, imaginação e inteligência emocional, além da redução dos níveis de estresse, por ser uma atividade prazerosa. A internet, entretanto, não é apenas um vilão. Se a usarmos adequadamente, ela pode e deve fazer parte das nossas estratégias para desenvolver o hábito da leitura nas nossas crianças.

Algumas estratégias para desenvolver o hábito de ler

A importância do exemplo dos pais

Primeiramente vale aceitarmos que o primeiro grande e importante incentivo para os nossos filhos é o nosso próprio exemplo. O papel dos pais é fundamental nesse momento. Quando seu filho te encontra sentado na poltrona passando as páginas de um bom livro, você está mostrando a ele com atitudes o que é um hábito importante. Quando os adultos aos quais os filhos se espelham demonstram interesse nos livros, automaticamente as crianças se sentem aguçadas para o mundo da leitura. Permita que sua criança veja claramente que você está lendo, que aquela atividade é agradável e que realiza o ato da leitura com certa frequência.

Descubra o que seus filhos gostam

Além do exemplo dado pelos pais, há atividades mais práticas e interessantes. Primeiro, descubra quais assuntos que agradam ao seu filho. Um desenho animado, as gravuras mais chamativas, algum personagem favorito que ele sempre procura em todas as estampas de mochilas e cadernos. Histórias em quadrinhos, talvez, ou os livros que incluem páginas de colorir para que ele libere a imaginação. Enquanto estiverem ainda aprendendo a ler, livros com muitas gravuras e poucos textos por página são importantes para que se sintam hábeis e não desanimem.

Há muitos livros para crianças que estão em fase de alfabetização, o ideal são histórias que tragam aprendizados que contribuam para o seu crescimento. Além disso, que incentivem a imaginação, como as fábulas.

As leituras em família

Se você chamar sua atenção para os temas que mais lhe atraem, será fácil transformar isso em momentos de leitura em família. Cuidando desse momento, poderá torná-lo parte da rotina e, além de auxiliar no aprendizado do seu filho, também terá tempo útil e afetivo dedicado a ele a toda a família.

Nesse momento tão propício para vocês, sinta-se livre para também soltar sua imaginação. Leia as histórias simulando as vozes de personagem ou narrador, dramatize cenas, converse com seus filhos sobre as histórias que está lendo, faça-os entrar na narrativa junto com você. Pergunte, questione, atue, deixe que seus filhos também atuem, riam e sintam o afeto e diversão que esse momento representa. Quanto mais confortável ela estiver nesse ambiente, melhor. Por isso, será interessante, ao transformar essa ocasião em rotina, guardar um cantinho reservado para a leitura.

Construam juntos o cantinho da leitura

O “cantinho de leitura” pode ser enfeitado, e vocês podem fazer essa decoração juntos. Com gravuras que podem recortar, bonecos de personagens que gostem, trechos de livros que tenham achado interessantes e signifiquem muito para vocês. Deixe que a criança se sinta à vontade e possa, sempre que queira, visitar o lugarzinho que reservaram juntos. Trabalhar na decoração pessoalmente é muito importante, pois esse deve ser um espaço de criatividade, para trabalhar também suas habilidades cognitivas.

Deixe que seu filho faça os próprios livros

Já que o seu filho te ajudou a enfeitar o cantinho da leitura de vocês, aproveite que ele está com a mão na massa: uma boa ideia também é incentivar a criança a criar suas próprias histórias e desenhá-las. Dê ao seu filho cadernos, lápis coloridos, deixe que ele escreva e desenhe o que a imaginação pedir, e depois escute ele contar essas histórias para você. Estará incentivando a imaginação e criatividade, capacidade de escrita e leitura, além de aguçar toda a habilidade comunicacional da sua criança. Ela se sentirá amada, sentirá ainda mais que as opiniões e ideias dela importam para você.

Leve seu filho para bibliotecas e livrarias

Procure levar as crianças em visitas à biblioteca da escola e da sua cidade. Deixe-os caminhar pelos corredores que prefere, tocar nos livros que mais chamam a atenção, ensine sobre os ambientes de leitura. Além disso, mesmo no caminho você pode chamar a atenção deles para placas, outdoors, posters e até mesmo avisos pequenos, rápidos, que os mostrem a importância da leitura para a compreensão do mundo.

O papel da escola no incentivo à leitura

Nós sabemos que o papel da escola é importantíssimo nesse momento. É tarefa da nossa instituição incluir na rotina do aluno atividades que incentivem a leitura de forma dinâmica e despertem a curiosidade das crianças.

Nossos educadores estão sempre atentos a possíveis problemas de aprendizagem que podemos identificar nos momentos pedagógicos. Nestes casos, aconselhamos os responsáveis a procurar ajuda especializada, além de disponibilizarmos profissionais qualificados.

Nós também levamos as crianças nas visitas às bibliotecas, excursões às livrarias, e permitimos frequentemente aos alunos momentos de escuta de leitura coletiva, leituras narradas pelos nossos professores ou leitura individual. Costumamos sugerir aos nossos alunos que representem os livros que estão lendo, com teatro, fantasias, desenhos, monólogos, explicações, rodas de conversa, ou outros métodos criativos até mesmo propostos pelas crianças. Podem ser livros até mesmo das disciplinas estudadas, pois esse método torna o aprendizado muito mais divertido e interativo.

Além disso, deixamos que eles criem, na sala de aula, os próprios livros, ilustrações e histórias, podendo também contar suas criações aos amigos. Essa é uma maravilhosa forma de descontração que promove muito conhecimento.

Em conjunto com os pais, a nossa instituição sempre trabalha para desenvolver novos métodos de aprendizado coletivo e de apoio à leitura, pois compreendemos a importância desse hábito para o crescimento profissional e pessoal dos nossos alunos.

Precisamos sempre do apoio de vocês para construir esse hábito tão importante nos nossos alunos!

Ana
Author

Escreva um comentário